segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Era uma vez um bolo

Sabe aquele dia que parece que o universo conspira contra você?
Pois é , aquele dia que parece que tudo vai dar errado mesmo que você se esforce para dar certo?
È sobre este dia que eu vim falar.
Era aniversário do meu cunhado, enquanto todos foram dar uma volta no centro da cidade eu fui convocada para fazer um bolo.
Fiquei emocionada, animada e até eufórica pois eu tinha a obrigação, o dever moral e cívico de fazer o melhor bolo do mundo.
E foi ai que tudo começou.
Primeira tentativa : Fui fazer uma massa de chocolate na forma redonda e depois de assado e frio fui desenformar,
Mas o bolo não saia da fôrma nem pelos poderes de Grayskull , só faltou dar marretadas na forma e nada do bolo sair, e de tanto que bati o bolo se despedaçou.
E agora quem poderá me defender?
Foi um momento de desespero eu ali sozinha com um bolo despedaçado e aquela fôrma destruidora de bolos e
sonhos.
Então fui rapidinho no mercadinho do fim da rua e comprei outra massa.
Agora sim tudo ia dar certo, afinal estava tudo certo pois agora eu ia usar a fôrma quadrada, a massa precisava de três ovos eu ainda tinha quatro na geladeira.
Então peguei os três ovos na geladeira para começar minha obra de arte, foi ai que aconteceu...
Acho que eu estava emocionada demais por este momento de tamanha responsabilidade e bati a mão na cadeira deixando dois ovos caírem no chão.”Nãooooooooooooooooooooooo”.
Foi ovo na cadeira no chão, daí eu pisei no ovo comecei a deixar pegadas pela cozinha toda e quanto mais limpava mais sujava.Comecei a ficar nervosa desesperada e agoniada.
Ficava imaginando todos chegando ansiosos pelo bolo e se depararem com um grande e enorme nada.
Mas ainda restavam dois ovos, afinal um ovo a mais um ovo a menos... Fiz o bolo com dois ovos mesmo, coloquei um recheio de morango cobertura de brigadeiro e voilá.
Enfim fiz o melhor bolo do mundo.
Todos chegaram e comeram o melhor bolo do mundo e ainda ganhei uma linda jarra de suco.
Creio que meus queridos leitores devem estar aliviados pois afinal tudo teve um final feliz.
Mas infelizmente devo comentar que a saga ainda não terminou. No outro dia como ainda havia sobrado bolo, fui dar mais um pedaço para minha sogra e voilá.
Bati a forma de bolo na linda jarra que ganhei que se despedaçou no chão.
Ops foi mal.
Agora sim acabou.
Observação; nunca deixe nada de vidro na ponta da mesa.
Ela vai cair.
Sonhos vão se despedaçar.
Vão te olhar como se você fosse doida.
Desastre, desastre, desastre!
Adeus jarra!

2 comentários:

  1. outra lição disso tudo. vc pode, vc consegue. Nunca desista no primeiro fracasso! Com o tempo e prática, sabemos os riscos que corremos e tomamos cuidado com cuidados com acidentes que poderemos causar á nós mesmos. Não devemos ser apressadas e devemos fazer tudo calmamente , vagarosamente e com toda cautela. Aprendi isso depois de mais de 40 anos com RP.

    ResponderExcluir