segunda-feira, 27 de junho de 2016

A galinha que queria voar.

Hoje vou conta uma história baseada em fatos reais.
Tinham duas galinhas na laje, até que um dia uma delas subiu no muro e pensou que podia voar, acho que essa galinha pensava ser um pássaro, resultado se espatifou no chão e quebrou as duas pernas.
A outra galinha que sabia ser uma galinha continuou no seu cantinho.
A dona das galinhas chegou e se deparou com a galinha chorando toda desengonçada.
A galinha não podia mais ficar em pé ,sentava em cima de sua própria merda , e não podia comer sem ajuda.
Precisava ser limpa todos os dias e tinha que receber comida direto no bico, vivia se debatendo sem parar, sua dona se cansou afinal a condição da galinha não melhorava e ela fazia a maior sujeira se debatendo.
Então ela colocou a galinha numa caixa e abandonou numa escadaria.
Ali a galinha ficou por algum tempo.
Depois de um tempo uma vizinha achou a galinha e passou a cuidar dela, curou suas pernas e pacientemente a alimentou até que ela ficasse boa, e depois de um tempo a galinha voltou a andar.
Hoje a vejo andando pela rua como se nada tivesse acontecido, acho que agora ela se aceita como uma galinha que é.
Às vezes nos sentimos assim, uma galinha querendo ser pássaro.
Queremos fazer coisas alem dos nossos limites, não aceitamos , nos machucamos e acabamos com a paciência das pessoas ao redor choramingando sem parar.
Queremos fazer coisas de pássaros , mas somos galinhas e isso não vai mudar.
Se aceitarmos nossa situação nossa vida e a vida de quem nos cerca serão mais felizes.
Não estou dizendo que devemos desistir dos nossos sonhos, mas que devemos ser o que somos, extrair o melhor do que podemos ser.
Se não posso voar então vou pular.
Mas simplesmente não podemos parar, por que nascemos para ser e fazer feliz.

Um comentário: